Há já algum tempo que um grupo de pais, cujos filhos tinham terminado o seu percurso no Jardim de Infância, determinados a dar continuidade ao ensino através da pedagogia Waldorf, criaram uma Associação que deu origem à Escola Livre do Algarve, agora Escola Waldorf “A Oliveira”.

Em 2008, deram início a uma turma do ensino básico com oito crianças, numa escola primária na aldeia da Figueira (Concelho de Vila do Bispo).

Roda grande na Escola Waldorf a Oliveira.

Atualmente, já abraçam cerca de oitenta alunos. O seu Projeto Educativo está aprovado pelo Ministério da Educação, até ao sexto ano de escolaridade.

Também para o nosso Jardim de Infância, uma semente está a germinar... e quem sabe se após 25 anos de vida, não nos expandiremos para a aldeia de Barão de S. João onde tudo começou!

Sou filha da Infância Viva
Aquela que me alimentou
E regou com Amor
Durante quatro anos de vida.
Mas a vida empurra-nos,
Obriga-nos a crescer
E assim deixei esta mãe...
Ainda imatura para partir,
Chorei muito e
Cresci...
Dei à luz um lindo jardim.
Filho de uma fértil semente
Da Infância Viva brotou
O Jardim Waldorf da Amoreira.
Nele trago, a cada dia, rasgos
Do Sentir, do Pensar e do Agir
De cada um de vós.
Passados quatro anos da minha partida,
É com gratidão, alegria
E muita saudade no coração
Que vos recordo a cada gesto,
A cada sorriso, a cada canção.
Um bem haja a todos.
Serei sempre parte dessa
Casa, dessa Mãe.…

Ana Manjua
(jardineira do Jardim de Infância “A Amoreira”)
Amoreira de Óbidos / Portugal

Direção e Conselho Pedagógico:
Margit Kegel, Luís Cravinho, Eva Herre, Luciana Gonçalves, Priscila Inácio, Leandro Gouveia, Marta Florêncio, Aurélia Braz, Bruno Nunes, António Guedes, Régine Bonzi e Ana Batista.